eflyer_2016-dmd5

Exposição de fotos revela a história das crianças e creches comunitárias da Rocinha e do Cantagalo, no Rio de Janeiro

21 de outubro de 2016

Parte da memória afetiva das favelas da Rocinha e do Cantagalo pode ser conhecida na exposição: Creche e Família: Histórias que se cruzam, que reúne mais de 200 fotos, e estará aberta ao público no sábado e domingo, dias 22 e 23 de outubro, na OI Kabum, em Ipanema.  São memórias de pessoas que colocaram seu suor, alegrias e tristezas na argamassa e tijolos de oito creches comunitárias e filantrópicas, erguidas pelos próprios moradores, e que atendem atualmente a 650 crianças de até quatro anos da Rocinha e Cantagalo.

A exposição é uma construção coletiva, concebida pelo projeto De Mãos Dadas por uma Creche de Qualidade, do CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular, em parceria com as gestoras das creches. As fotos, depoimentos e objetos que estarão expostos foram reunidos pelas equipes pedagógicas das creches junto aos fundadores e famílias de crianças que são ou já foram atendidas nestes espaços, e mostram registros da construção, das equipes que trabalham, das crianças e do dia-a-dia das creches no passado e no presente.

“A criação dessas creches tem uma história semelhante, de ação coletiva e de resistência. Em geral, as fundadoras eram mulheres que cuidavam em suas próprias casas dos filhos das vizinhas que precisavam trabalhar fora. Com a grande procura, foram sentindo necessidade de ampliar esses espaços e edificar. Atualmente, a lógica das creches comunitárias é outra: a educação infantil é entendida como um direito da criança, fundamental para o seu desenvolvimento, e não somente um lugar em que ela é deixada enquanto os pais trabalham”, afirma Maria Lúcia Lara, coordenadora pedagógica do projeto De Mãos Dadas.

Resistência ao longo dos anos

Desde sua fundação até o presente, os desafios são muitos. As oito creches são conveniadas à prefeitura e oferecem serviço gratuito às crianças matriculadas. No entanto, recebem da secretaria municipal de educação o valor de R$233 reais mensais por cada criança, muito abaixo do valor repassado pela prefeitura aos seus equipamentos próprios, como os Espaços de Desenvolvimento Infantil. Ao longo dos anos, as creches precisaram adaptar seus espaços e metodologias para atender às exigências da Secretaria Municipal de Educação, mas não recebem uma contrapartida suficiente para que essa estrutura funcione da melhor maneira.

O projeto De Mãos Dadas por uma creche de qualidade atua há cinco anos contribuindo para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças prestado pelas creches da Rocinha e Cantagalo, e é financiado pelo Instituto Dynamo. E é realizado pelo CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular, uma organização não-governamental com quase 30 anos de trajetória na educação, comunicação e fortalecimento da cidadania.

(Informações: CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular)

 

Comentários